CPA

A Comissão Própria de Avaliação Institucional – CPA tem como principal função acompanhar de forma planejada e sistemática a efetivação das demandas apresentadas pelos diferentes setores. É composta por 5 representantes, sendo, um representante do corpo técnico administrativo, um do corpo de docente, um do corpo discente um membro da comunidade e um coordenador.

A CPA é fundamental na execução de um processo de atribuição de valor, pois supõe o exame apurado de uma dada realidade, a partir de parâmetros de julgamento derivados dos objetivos, que orientam a constituição, desenvolvimento ou produto das ações dessa mesma realidade. Supõe igualmente, racionalidade dos meios e utilização de aferições quantitativas.

Para isso, a CPA busca em sua prática democrática e dialógica:

  1. a) impulsionar um processo criativo de autocrítica da instituição, como evidenciada vontade política de avaliar-se para garantir a qualidade da ação acadêmica e para prestar contas à sociedade da consonância dessa ação com as demandas científicas e sociais da atualidade;
  2. b) conhecer, numa atitude diagnóstica, como se realizam e se inter-relacionam na instituição as tarefas acadêmicas em suas dimensões de ensino, pesquisa, extensão e administração;
  3. c) estabelecer compromissos com a sociedade, explicitando as diretrizes de um projeto pedagógico e os fundamentos de um programa sistemático e participativo de avaliação, que permita o constante reordenamento, consolidação e/ou reformulação das ações da instituição, mediante diferentes formas de divulgação dos resultados da avaliação e das ações dela decorrentes;
  4. d) repensar objetivos, modos de atuação e resultados na perspectiva de uma instituição mais consentânea com o momento histórico em que se insere, capaz de responder às modificações estruturais da sociedade;
  5. e) estudar, propor e implementar mudanças das atividades acadêmicas do ensino, da pesquisa, da extensão e da gestão, contribuindo para a formulação de projetos pedagógicos e institucionais socialmente legitimados e relevantes.

A avaliação não tem por objetivo punir ou premiar grupos, setores ou instituições. A CPA pretende, sim, oferecer instrumentos de acompanhamento, análise e avaliação de suas funções e atividades de apoio técnico e administrativo, com o objetivo de subsidiar o processo de desenvolvimento institucional e o estabelecimento de políticas, diretrizes e estratégias para o cumprimento da missão de cada uma.

No tocante àquilo que deve ser avaliado a CPA envolverá e solicitará a participação de todos os serviços prestados pela Instituição, nas atividades-fim (ensino, pesquisa e extensão) e nas atividades-meio (apoio administrativo). Todos os avaliados avaliam os setores e são avaliados também. Desde a Direção Geral e seus integrantes até a zeladoria e os setores de conservação e limpeza.

Os resultados geram um relatório que é entregue para a Direção Geral e para cada setor a fim de subsidiar definições de estratégias para melhorias na qualidade dos serviços prestados.

E-mail : cpafortiumtaguatinga@hotmail.com

 

Composição:

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO

Prof Wesley Augusto Gamas Aguiar Louzeiro – Coordenador

Prof Daniel de Andrade Estrela – Representante Corpo Docente

Cristiano Reis – Representante Corpo Técnico-Administrativo

Jefferson dos Santos Silva – Representante Discente

Giliermes dos Reis Alves – Representante da Sociedade Civil